08/06/2015

Conheça os principais tipos de telhas disponíveis para residências

Veja como escolher o melhor material para a casa

Fonte: Revista do ZAP

A escolha das telhas e do telhado da casa é uma das etapas de qualquer reforma ou construção. Porém, muitas pessoas não fazem ideia de como comprar esse material, diante dos diversos produtos oferecidos pelo mercado.

Para começar, analise se o tipo de telha almejado combina com o formato do telhado e o estilo de construção do imóvel. Normalmente, o arquiteto ajuda o morador a definir o tipo de telha em relação a estética do projeto.

tipos-de-telha-ceramica
Tradicionais, as telhas de cerâmica também são conhecidas como telhas coloniais (Foto: Shutterstock)

+ Ralo linear, ralo sifonado e ralo seco – Entenda suas diferenças

+ Veja dicas para transformar azulejos velhos com pintura ou adesivos

Um dos principais pontos a serem observados nessa escolha é a inclinação do telhado do imóvel. Nas telhas há a informação sobre grau de inclinação para que são indicadas. “Por exemplo, se a telha exige uma inclinação de 5%, mas for instalada em 40%, vai ser arrancada facilmente pelo vento”, ressalta a designer Marlene Krenzinger.

Resta ainda observar se o produto é homologado pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

Tipos de Telhas 

Cerâmica – Conhecidas como telhas de barro, as de cerâmica são as mais antigas e ainda as mais utilizadas em residências. “Elas dão mais conforto térmico e são mais bonitas visualmente, além de serem muito eficientes em termos de vedação”, comenta o arquiteto João Antônio Friedrich.

O melhor é optar pelas que já vem com revestimento sintético de fábrica,  pois oferecem mais proteção e durabilidade.

telha-de-ceramica
Telha de cerâmica (Foto: Shutterstock)

Existem as telhas naturais,  que não possuem revestimento, as esmaltadas, com película de proteção que, conforme a fabricação, costumam mudar de cor com o tempo, e as vitrificadas, famosas por serem mais resistentes. “A vitrificada é mais usual porque evita a atuação das bactérias, fuligem e sujeira. Por isso facilitam a conservação e acabam sendo mais duráveis”, explica o arquiteto Luiz Carlos dos Santos.

Há vários modelos de telhas de cerâmica, como as coloniais, francesas, portuguesas, romanas, entre outras.

Concreto – Esse tipo de telha é bastante requisitado no mercado, devido à durabilidade e conforto térmico. “Ela requer menos madeiramento, economizando na estrutura”, observa Santos.

tipos-de-telhas-concreto
Telhas de concreto precisam de manutenção anual (Foto: Shutterstock)

O ponto negativo é a manutenção. Por serem mais porosas e suscetíveis à umidade, as telhas de concreto necessitam de limpeza ao menos uma vez ao ano.

Normalmente, elas não vêm com um esmalte de cobertura. Por isso é importante aplicar alguma resina para fazer a proteção e a impermeabilização.

Existem diversas opções de cores de telhas de concreto no mercado, além de outras alternativas de formatos que não são disponíveis em cerâmica.

Fibracimento (Amianto) – De custo inferior, tem vida útil mais curta que as demais e não dão muito conforto térmico. A principal vantagem é que podem ser utilizadas em coberturas de poucas inclinações. Normalmente, são aplicadas em edificações mais simples.

tipos-de-telha-Fibracimento
Telha de fibracimento (Foto: Reprodução – Leroy Merlin)

Existem vários formatos de telhas de fibracimento, com opções de grau de ondulação, como as que imitam as coloniais de barro. São altamente utilizadas em indústrias e no comércio, em galpões e também em edifícios, principalmente em coberturas com parapeito alto, onde não se consegue enxergar o telhado em si.

“Elas são aparafusadas na madeira da estrutura. Por isso, dificilmente levantam em uma ventania, a menos que levante toda a estrutura”, observa a designer Marlene Krenzinger.

Metálicas – Essas telhas costumam ser as escolhidas quando a intenção é cobrir grandes vãos (de galpões, por exemplo), já que apenas uma telha chega a ter quatro metros de comprimento. Em muitos casos, não possibilitam conforto térmico.

tipos-de-telha-telhas-metalicas
Telhas metálicas (Foto: Reprodução -Stalar Incotelhas)

Ecológicas – O mercado oferece diversas opções de telhas ecológicas, feitas de fibras naturais recicladas, com a mesma qualidade de outros materiais. Na produção são recicladas fibras de madeiras, sisal, bananeira ou coco e são adicionados betume, pigmentos e uma resina especial, que protege contra os raios UV.

tipos-de-telhas-telha ecologica
Telha ecológica (Foto: Reprodução – Casa da Telha)

Algumas podem ser fabricadas com papel reciclado, asfalto e resina. Observe, apenas, se o produto adquirido passou pela regulação da ABNT.

Cores para as telhas

A maneira mais fácil de combinar as cores da casa com as da cobertura é escolher tons mais escuros para o telhado.

“O telhado é um elemento de composição da edificação. Então, um não pode sobrepor o outro. A telha tem que aparecer, mas não mais que a casa em si”, sintetiza Friedrich.

O tom “pinhão” é o mais comum,  principalmente por ser a cor natural do barro, mas também por ser escura, o que ajuda a disfarçar a sujeira acumulada. Por outro lado, as telhas claras refletem melhor o sol e não absorvem tanto o calor.

Veja ofertas de imóveis SC

 

+ Saiba como evitar que respingos de tinta estraguem o piso e os móveis da sua casa

+ Oito regras de ouro para poupar dinheiro na construção

+ Confira dicas para manter o colchão sempre novo

+ Acerte na escolha da torneira para sua casa

+ Transforme seu quintal em uma sala de estar ao ar livre. Assista ao vídeo

 

 

 + Quer receber mais dicas de decoração e mercado? Informe seu nome e e-mail no espaço para comentários desta matéria. Os dados não serão publicados nessa página

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.