26/07/2016

Tire dúvidas sobre o piso de vinílico

Saiba quais as espessuras, em quais ambientes aplicar, onde comprar e os preços

Fonte: ZAP em Casa

O ZAP em Casa recebeu muitas dúvidas dos leitores sobre o piso de vinílico após a publicação da reportagem “Veja dicas para a instalação do piso vinílico”e foi atrás das respostas com a ajuda da arquiteta Daniela Penna.

+ Faça seu cadastro no ZAP em Casa e fique por dentro das últimas de decoração

+ O ZAP em Casa quer a sua opinião: clique aqui e conte o que você quer ver por aqui

Para esclarecer, piso vinílico e PVC descrevem o mesmo material: piso composto de PVC, minerais e aditivos, que pode vir em mantas, em placas ou réguas. É um piso leve, aplicado de preferência sobre contrapiso liso, normalmente com cola específica. O piso vinílico tem algumas vantagens: em geral tem preço acessível, a aplicação é fácil e rápida, e, por ser razoavelmente flexível, resiste bem a impactos e reduz o barulho no ambiente.

piso vinílico, dúvidas de instalação
É um piso leve, aplicado de preferência sobre contrapiso liso, normalmente com cola específica (Foto: Shutterstock)

Segundo a arquiteta, eles são uma boa alternativa aos antigos pisos laminados, que causavam um ruído “oco”, sobretudo para quem anda de salto ou tem crianças e cachorros em casa. “Além disso, ele costuma ser de fácil limpeza, e, dependendo da textura, pode ser antiderrapante, mas não o suficiente para áreas molhadas, que exigem uma textura mais irregular”, afirma. “E também não é um material orgânico que pode ser atacado por cupins”.

Quais as espessuras do piso vinílico?

Piso vinílico como instalar
A espessura do piso pode variar entre 2mm e 5mm (Foto: Shutterstock)

A espessura do piso pode variar entre 2mm e 5mm, o que influencia muito no preço e na resistência do material. “Em geral os de 2mm e 3mm são indicados para uso residencial e o de 5mm para áreas comerciais e de maior circulação”, afirma Daniela. “Dependendo da espessura e composição ele pode ficar levemente marcado por saltos e objetos pontiagudos, por isso é essencial verificar a especificação do fabricante antes de comprar”. As informações podem ser obtidas nos sites dos fabricantes ou na embalagem do produto.

Onde aplicar?

Podem ser aplicados em áreas internas e “secas”, como salas, quartos, e até mesmo cozinhas e lavabos, desde que esses ambientes não sejam lavados. Não são recomendados para banheiros, áreas de serviço e terraços, onde a água pode descolar o piso. “Como o vinílico é uma manta flexível, ele tende a ‘fotografar’ a superfície abaixo dele, ou seja, vai reproduzir desníveis e buracos do piso sobre o qual foi instalado”, alerta Daniela. “O ideal é que ele seja aplicado sobre contrapiso desnivelado e bem seco”.

O PVC pode ser aplicado sobre pisos existentes, desde que estes recebam uma camada de argamassa ou similar para regularizar bem a superfície. “Quanto mais rústico o piso, mais difícil é a regularização e maior a chance de apresentar problemas”, afirma a arquiteta. “Se a cerâmica que serve de base não estiver bem aderida, é grande a chance do piso descolar junto com o piso original”.

Como instalar piso vinílico
O PVC pode ser aplicado sobre pisos existentes, desde que estes recebam uma camada de argamassa ou similar para regularizar bem a superfície (Foto: Shutterstock)

Em geral, os fabricantes recomendam os seguintes passos para aplicação sobre o revestimento existente: limpeza cuidadosa do piso, a aplicação de um aditivo ou primer – que facilita a adesão da argamassa ao piso original -, e, por cima deste, uma argamassa nivelante, em várias demãos, até deixar a superfície lisa. Não é recomendável usar o PVC sobre madeira, que dilata e retrai muito com a umidade. “O piso laminado tem o mesmo problema, já que sua base é MDF ou MDP. O ideal é remover antes o piso de madeira ou laminado”.

Limpeza de piso vinílico
Em geral, os fabricantes recomendam os seguintes passos para aplicação sobre o revestimento existente: limpeza cuidadosa do piso, a aplicação de um aditivo ou primer – que facilita a adesão da argamassa ao piso original -, e, por cima deste, uma argamassa nivelante, em várias demãos, até deixar a superfície lisa (Foto: Shutterstock)

Onde comprar?

É encontrado com certa facilidade, inclusive em home centers, como C&C – Casa e Construção, Leroy Merlin, Telhanorte, entre outros. Existem vinílicos autocolantes, que, em tese, podem ser aplicados pelo próprio comprador. “O ideal é consultar o fabricante ou colocador autorizado para que eles especifiquem a melhor forma de aplicação, cola específica e cuidados com o piso”.

Os preços das placas em geral começam em R$ 60 o metro quadrado para as de 2mm de espessura, R$ 100 para as de 3mm e até R$ 250 para as de 5mm, que são recomendadas para áreas de tráfego maior. O custo da mão de obra varia bastante, dependendo da quantidade e forma de aplicação.

+ Guia completo mostra os tipos de pisos para cada ambiente

+ Pisos para cozinha: confira dicas e modelos disponíveis no mercado

+ Saiba quais os pisos ideais para sua garagem

+ Use pisos divertidos nos quartos das crianças

+ Use cimento queimado em pisos e paredes

 

8 Comentários

  1. Olá, Moises! Ficamos muito felizes com esse comentário! 🙂 Fique à vontade para comentar, compartilhar e dar sugestões sobre o nosso conteúdo. Abraços!

  2. Olá, Danilo! Tudo bom? Sugerimos que você procure um especialista que consiga avaliar sua situação com a atenção devida. Se precisar de alguma informação sobre venda ou locação de imóvel, estamos aqui! =)

  3. Gostaria de colocar na minha casa sala, quartos e corredor mais ó menos 50 m2 . Qto custaria colocado poderia ser colocado direto no contra piso feito pela construtora.

  4. Olá, Carmen! Tudo bem? As imagens que usamos nas publicações são apenas inspirações para você decorar sua casa. O piso não está à venda pelo nosso site. Se precisar de alguma informação sobre venda ou locação de imóvel, estamos aqui!

  5. Olá, Cláudio! Tudo bom? Para ter um projeto mais adequado e personalizado, o ideal é ter a ajuda de um profissional! Continue acompanhando as novidades aqui na revista. 😉

  6. se a cerâmica assentada tiver juntas superior a três milimetros, não existe a possibilidade de colocar o piso vinílico ou laminado?
    ou existe algum recurso para resolver este problemas?

  7. Olá, Geni! Tudo bom? Para ter um projeto mais adequado e personalizado, o ideal é ter a ajuda de um profissional! Continue acompanhando as novidades aqui na revista. 😉

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.