04/11/2009

Treze terrenos da prefeitura irão a leilão

A Câmara de Vereadores aprovou ontem um projeto de iniciativa do prefeito Eduardo Paes, que autoriza o município a vender 13 terrenos em leilões públicos. A maioria dos imóveis se encontra na Barra da Tijuca alugados a particulares, incluindo áreas ocupadas por escolas particulares, estacionamentos da casa de espetáculos Ribalta e do Recreio Shopping e do heliponto do hospital Rio Mar. A estimativa da prefeitura é arrecadar pelo menos R$ 150 milhões com a venda dessas áreas do município.

Uma emenda aprovada ao projeto vinculou o uso desses recursos a projetos para a saúde na chamada AP 5 (entre Bangu e Santa Cruz).

Entre os bens a serem vendidos está um terreno de 33,9 mil metros quadrados no Centro Metropolitano da Barra da Tijuca, que ainda está desocupado.

Há ainda terrenos ocupados pelo colégio Anglo-Americano, no Condomínio Nova Ipanema (6,4 mil metros quadrados), e a filial da Escola Parque do Recreio dos Bandeirantes (8,9 mil metros quadrados).

Em Del Castilho, a prefeitura aprovou a venda de um terreno de 2.810 metros quadrados alugado pela Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) e usado como depósito do templo (Catedral da Fé).

ENCONTRE IMÓVEIS NO ZAP:


 

LEIA MAIS:

DUAS CONSTRUTORAS DO PAÍS ESTÃO ENTRE AS MAIORES DE AL E EUA

MUTUÁRIO PODERÁ ECONOMIZAR COM SEGURO DE FINANCIAMENTO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.