20/07/2008

Um sucesso previsto e confirmado

Fonte: Jornal EXTRA

Imóveis econômicos, de até R$150 mil, predominam entre os lançamentos do primeiro semestre

A previsão dos executivos do mercado imobiliário no ano passado, de que 2008 seria o ano dos imóveis econômicos, virou realidade. A quantidade de lançamentos habitacionais na faixa de R$50 mil a R$150 mil no primeiro semestre deste ano foi 11% maior do que o número registrado no grupo de unidades com valores de R$150 mil a R$ 400 mil. Os dados são da Associação dos Dirigentes das Empresas do Mercado Imobiliário (Ademi-RJ).

— No passado, se me oferecessem terrenos em Nova Iguaçu, Belford Roxo ou Campo Grande, eu não aceitaria. Mas hoje eu estou lá, todo mundo está. O caminho do crescimento é o da construção popular — disse o presidente da Ademi e dono da CHL, Rogério Chor.

Os especialistas dizem que o sucesso de vendas de unidades de menor valor está preenchendo uma lacuna que ficou aberta por muito tempo. Em anos anteriores, o crédito para a baixa renda era muito restritivo, sem contar que a instabilidade econômica dificultava o comprometimento da renda por prazos longos, como são os financiamentos imobiliários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.