08/02/2010

Conheça uma casa verde e de fácil transporte

Fonte: O Globo
Casa verde pode ser toda desmontada (Fotos: Divulgação)
Casa verde pode ser toda desmontada (Fotos: Divulgação)

Rio de Janeiro – Imagine morar numa casa desmontável e que pode ser instalada sobre qualquer superfície. Pois é, a zeroHouse, projeto desenvolvido pelo escritório de arquitetura americano Specht Harpman, é assim. Ela possui uma fundação em espiral que dispensa escavações, o que significa que pode ser montada tanto sobre até três metros de água como em morros com no máximo 35° de inclinação. E se o proprietário quiser pegar a estrada para morar em outro lugar, a casa é toda desmontada para acompanhar o seu dono.

A zeroHouse tem apenas 60 metros quadrados e custa US$ 350 mil. Sua estrutura permite a inclusão de cozinha, sala de jantar e de estar, dois quartos, banheiro e varandas. Além disso, conta com uma série de medidas sustentáveis. Painéis fotovoltaicos, localizados no telhado, recebem a luz solar e a convertem em energia, que é armazenada em baterias. Mas a zeroHouse também pode produzir energia elétrica, inclusive mais que o necessário para o seu funcionamento. Nestes casos, o excesso de energia pode ser utilizado para carregar outros equipamentos elétricos.

Interior da casa desenvolvida pelo escritório Specht Harpman
Interior da casa desenvolvida pelo escritório Specht Harpman

A sustentabilidade do projeto não acaba por aí. A casa coleta água da chuva e a filtra em cisternas com capacidade de mais de dois mil litros, cada. Já a temperatura do ambiente é controlada pelas amplas janelas que deixam a luz do dia entrar, mas filtram o calor por meio de vidros com proteção especial. Paredes, teto e piso são isolados com espuma de célula estrutural para isolamento térmico. E o lixo orgânico, assim como os dejetos, são coletados e usados para alimentar o jardim uma vez ao ano.

Os materiais de construção também são escolhidos por sua durabilidade. A parte externa da casa, por exemplo, é revestida com painéis de carroçaria coloridos, imunes a arranhões e amassamentos.

Varanda da casa desmontável desenvolvida pelo escritório Specht Harpman
Varanda da casa desmontável desenvolvida pelo escritório Specht Harpman

Todas as funções da zeroHouse são monitoradas por uma série de sensores e podem ser reguladas através do computador do proprietário. Para conservar energia, o imóvel pode ser programado para o modo de hibernação, mantendo as funções de limpeza necessárias a casa. Quem estiver interessado e com os US$ 350 mil para investir, pode acessar o site da empresa, pois a ideia é que a casa possa ser instalada em qualquer canto do mundo.

LEIA MAIS:

CASAS CONSTRUÍDAS COM PLÁTICO RECICLADO

PLÁSTICO RECICLADO EM VEZ DE MADEIRA

3 Comentários

  1. creio que esta será a casa do futuro. infelizmente o custo é muito alto. creio que também será baixo no futuro. quem sabe um dia poderemos todos usufruir de tamanha qualidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.