07/02/2007

Universitários aquecem o mercado imobiliário na região de Campinas

Fonte: Editoria Zap

O início das aulas, nas universidades campineiras, gera aumento de 30% no número de locações, devido ao ingresso de estudantes vindos de outras cidades

Nesse mês, as imobiliárias aumentam o ritmo de trabalho para suprir o mercado na região metropolitana de Campinas. Isso porque, com a vinda de novos estudantes aumenta a procura por moradias em quase 30%, principalmente, em áreas próximas às universidades.

Só na Universidade Estadual de Campinas, a Unicamp, há cerca de 2 800 vagas, sendo que 65% dos aprovados são de fora do município de Campinas. Isso significa um aumento de 25 a 30% na procura por apartamentos de um ou dois dormitórios.

Um dos imóveis mais procurados são as kitnets, apartamentos pequenos, com cozinha, quarto e banheiro. De acordo com o presidente da Rede Imobiliária Campinas Secovi, Luiz Bueno, 80% da procura é por este tipo de imóvel, que são fáceis de cuidar e ideal para quem vai morar sozinho. “Há um aumento significativo nesses três primeiros meses do ano”, diz Bueno.

Outra opção são os apartamentos de até três quartos, para dividir com os amigos. Entretanto, em lugares em que não há apartamentos, ou, kitnets, há um procura por casas, como é o caso de Barão Geraldo, onde o aumento pela procura deste tipo de imóvel varia de 10 a 15%.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.