16/02/2007

Usar o FGTS no financiamento é complicado

Fonte: Jornal da Tarde

Uma das maiores dificuldades para quem deseja comprar um imóvel em outra cidade é conseguir um financiamento bancário adequado para fechar o negócio. A utilização do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para usar como entrada ou diminuir o valor do empréstimo é restrita. “Uma das regras para conseguir usar o FGTS é … Continue lendo “Usar o FGTS no financiamento é complicado”

Uma das maiores dificuldades para quem deseja comprar um imóvel em outra cidade é conseguir um financiamento bancário adequado para fechar o negócio. A utilização do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para usar como entrada ou diminuir o valor do empréstimo é restrita.

“Uma das regras para conseguir usar o FGTS é que o tomador do empréstimo já more no município por pelo menos um ano ou trabalhe nele. Como as cidades não fazem divisa com a Capital, essas regras são mais difíceis de serem cumpridas”, alerta Magda Martinelli de Oliveira, proprietária da Edel Imóveis. “Mas existem outras possibilidades de financiamento oferecidas pelos bancos que funcionam bem.”

Financiamentos que fogem dos critérios do Sistema Financeiro de Habitação (SFH), responsável por criar barreiras para a compra de imóveis meramente para lazer, são os mais procurados por quem deseja investir em uma propriedade para descanso e recreação. A maioria dos bancos aceita emprestar a quantia necessária, desde que a documentação esteja em ordem.

Os requisitos básicos são conseguir uma certidão atualizada do registro do imóvel no cartório da cidade e documentos pessoais do vendedor, além de certidões negativas que comprovem que o proprietário não possui débitos com a justiça e com o governo que possam implicar na penhora do bem mais tarde.

Aluguel

Magda conta também que boa parte dos novos moradores do campo acaba por alugar uma casa, em vez de comprá-la logo de cara, como forma de testar se a adaptação ao local vai funcionar. “Existem muitos casos de paulistanos que chegam ao interior procurando por aluguel”, comenta.

 

Leia também

 

Abra a porteira, mas vá com calma

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.