12/12/2013

Use a imaginação para reaproveitar objetos que estão guardados

Escadas, garrafas, taças, janelas e até sapateiras podem se transformar em peças muito charmosas

Fonte: ZAP Imóveis
Baú como mesa (Fotos: Divulgação)

Todos nós temos uma variedade de objetos que acabam ficando meio ‘encostados’ em algum canto da casa. Antes de pensar em jogar coisas fora, que tal usar sua criatividade para transformar alguns deles em peças de decoração.

Malas como mesa de apoio

Para a arquiteta Adriana Victorelli, usar objetos do seu dia a dia na decoração está cada vez mais em alta. “Aquela moringa que pertencia à sua avó fica um charme na bandeja ou cabeceira com água ou pode virar um lindo vaso, por exemplo”, sugere Adriana.

Quer receber mais dicas de decoração e mercado? Clique aqui e cadastre-se

Aliás, para colocar flores, vale tudo na opinião da arquiteta: garrafas de diferentes formas, cores e tamanhos. “Quanto maior a variedade, mais lindo fica”, orienta.

Taças como castiçais

Taças não precisam ser vistas apenas como local para colocar a bebida. De ponta cabeça, elas podem se transformar em castiçais bem originais.

Para Adriana, até as janelas velhas de madeira podem se transformar em painéis para apoiarmos suportes de vasos de plantas e temperos no jardim. A mesma coisa pode ser feita com sapateiras daquelas encontradas na feira: cada bolso pode ser transformado em um vaso.

“Baús e malas antigas e bem estruturadas entram na decoração como lindas mesas de centro, criados-mudos ou mesas laterais. Elas podem estar debaixo de um tampo de vidro ou simplesmente empilhadas”, orienta Adriana.

A arquiteta Evelin Sayar fez dois projetos em que utilizou escadas para dar um charme à decoração dos ambientes.

No primeiro projeto, feito para o living, há dois estofados – um em tecido com padrão xadrez half marrom e outro em tecido azul belga. Eles dividem a cena com pufes em bloco de tecido tipo tapeçaria, tamboretes dourados e uma simpática mini-escada amarela, que atua como mesinha lateral. Um grande painel de espelho amplia o espaço.

Mini-escada amarela como mesa lateral

No segundo projeto, para acomodar os convidados enquanto o chef prepara o jantar, foi projetada uma mesa como uma extensão da moderna ilha. As poltronas de couro estonado, extremamente confortáveis, e os pufes de teclas de computador dão o clima descontraído do ambiente. O espaço conta ainda com uma aleta de ar-condicionado sobre madeira (pinho de riga, madeira nobre e extinta), que foi usada pela profissional como tampo para uma mesa baixa. O estilo rústico da peça contrasta com a sofisticação dos futons dispostos ao redor e com a charmosa mini-escada amarela.

2 Comentários

  1. adorei a decoração,principalmente a ideia de transformar taças em catiçais e os livros como decoração.adoro decorar minha casa com livros.gostaria muito de receber dicas em meu email.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.