27/02/2016

Vai reformar e não sabe quanto vai gastar? Veja dicas

Arquitetas orientam como calcular os custos para não ter surpresas desagradáveis

Fonte: Revista do ZAP

Você vai fazer alguma reforma em casa e quer calcular quanto vai gastar? Segundo a arquiteta Laurimar Coelho, antes de uma obra só é possível ter uma estimativa.

“A cada etapa é preciso fazer um orçamento, até porque alguns têm validade”, explica. “Você chama um pintor e o orçamento vale até 30 dias, por exemplo. Para uma mesma reforma cotei com dois empreiteiros. Um cobrou R$ 75 mil e o outro R$ 15 mil!”, exemplifica.

quanto-se-gasta-na-reforma-de-casa
Antes de começar a reforma é possível ter uma estimativa de quanto vai se gastar (Fotos: Divulgação)

+ Veja 5 cálculos simples que você pode fazer antes de iniciar a reforma

+ Conheça 7 pepinos que podem estar invisíveis em sua obra

A arquiteta lembra que, entre lojas de material de construção, a variação é grande também. “Nas lojas tipo home center os preços costumam ser mais em conta, mas a variedade é menor. Já nas butiques, o consumidor encontra boas peças, como pisos e azulejos, mas os preços são mais altos, às vezes o dobro”, alerta Laurimar.

Segundo ela, há ainda orçamentos vinculados à disponibilidade de mão de obra, estoque de produtos na loja, oscilação do dólar, entre outros fatores.

Vai reformar e não sabe quanto vai gastar? Veja dicas
Valores de mão de obra variam muito de região para região

A arquiteta Adriana Victorelli considera os projetos de arquitetura primordiais para o início do planejamento das reformas e construções.

“Ali deverão estar especificados todos os itens, desde o valor do pedreiro, gesseiro, eletricista, passando pelo piso, modelo e quantidade de luminárias, as cores das paredes até o modelo do sofá e o tecido da cortina”, detalha.

Na opinião de Adriana, só com tudo definido pode-se fazer um levantamento de custo fiel e depois pesar ou substituir algumas peças que, por ventura, ficarem fora do gasto pretendido.

“A Neo Arq já entrega, junto ao projeto, a planilha com orçamento de todos os itens, facilitando a tomada de decisões, o planejamento das compras e, eventualmente, a substituição de itens que, quando vistos individualmente, podem ter um valor atraente, mas no contexto geral, acabam sendo substituídos por similares de melhor custo- benefício.”

Quanto aos valores de mão de obra, Adriana explica que variam muito de região para região, assim como pela qualidade do serviço prestado.

“Hoje, em São Paulo, a estimativa para decorar de ponta a ponta um apartamento entregue cru varia de R$ 1.000 a R$ 3.000 o metro quadrado. Os valores são muito variados, pois dependem da qualidade dos produtos e serviços, assim como dos modelos escolhidos, cuja variação é imensa no mercado”, explica a arquiteta.

Pagamento – Segundo Laurimar, o pagamento de profissionais varia muito e deve ser definido caso a caso. “Mas não recomendo pagar à vista. Deve-se combinar o acerto de acordo com o andamento da obra e, de preferência, por empreitada e não por dia de trabalho”, aconselha.

quanto-se-gasta-na-reforma-da-casa
Segundo arquiteta, a cada etapa da obra é preciso fazer um orçamento, pois alguns têm validade

Adriana acrescenta que alguns escritórios de arquitetura trabalham com administração de obra planejada. “Uma das vantagens é justamente mediar esse relacionamento prestador/fornecedor e cliente”, pontua.

Segundo ela, mesmo quando negociado valor à vista, os pagamentos devem ter parte do saldo quitado na entrega do serviço para evitar surpresas desagradáveis.

Ela ressalta que os melhores descontos são conseguidos no mercado com valores à vista. Além disso, os escritórios possuem valores exclusivos na compra de produtos junto aos fornecedores graças a cadastros de fidelidade e frequência de negociação entre escritórios e fornecedores.

 

 

+ Como escolher e contratar pedreiros, encanadores e marceneiros 

+ Quando é necessário contratar um arquiteto? 

+ Coloque a documentação da reforma em ordem 

+ Veja dicas para evitar erros na instalação do piso vinílico

+ Veja algumas maneiras bacanas de mudar a cara da sua parede

 

 

 + Quer receber mais dicas de decoração e mercado? Informe seu nome e e-mail no espaço para comentários desta matéria. Os dados não serão publicados nessa página

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.