15/05/2015

Preço do aluguel cai novamente em abril, revela FipeZAP

Inflação subiu mais do que o preço dos novos contratos de aluguel, que acumulam queda de 6,6% em um ano

Fonte: ZAP Pro*

O Índice FipeZap de Locação, que analisa o preço do aluguel em nove cidades brasileiras, registrou queda de 6,6% nos últimos 12 meses, até abril. Esse percentual é obtido descontando-se a variação da inflação no período (+8,17%, medida pelo IPCA/IBGE) da variação nominal dos preços de locação (+1,03%).

valor do aluguel em curitiba
Das 9 cidades pesquisadas, Curitiba tem o aluguel mais barato – R$ 16/mês (Foto: Shutterstock)

+ Banco do Brasil altera taxa de juros do financiamento de imóvel

+ Financiamento imobiliário – Tire suas dúvidas sobre as novas regras da Caixa

Essa foi a 11ª queda real consecutiva nessa base de comparação. Brasília e Campinas mostraram as maiores altas, enquanto Curitiba e São Bernardo do Campo mostraram as maiores quedas.

Na análise mensal, o Índice FipeZap de Locação também ficou abaixo da inflação em abril, mostrando crescimento de 0,16% contra inflação IPCA de 0,71%. Nessa base de comparação, Salvador e Curitiba registraram os maiores aumentos, enquanto o Rio de Janeiro foi a única cidade a apontar queda nominal (-0,39%).

O valor do aluguel e o retorno para o locador

Também em abril, o retorno médio com aluguel foi de 4,9% ao ano. O preço médio anunciado para locação por metro quadrado nas cidades pesquisadas foi de R$ 34/mês. A cidade com o m2 mais caro foi o Rio de Janeiro (R$ 41/mês), seguida por São Paulo (R$ 38/mês). O valor do aluguel mais barato foi o de Curitiba (R$ 16/mês).

O Índice FipeZap de Locação leva em conta os preços anunciados para novos alugueis, ou seja, não mede a variação dos contratos vigentes (normalmente reajustados automaticamente pelo IGP-M/FGV ou por outros índices de correção). Assim, mostra de forma mais dinâmica como a demanda e a oferta por moradia estão se relacionando.

Cabe notar que novamente em abril/2015 (pelo 5º mês consecutivo) o aumento do preço de locação foi inferior à variação do IGP-M/FGV na variação de 12 meses.

 

*Fonte: ZAP Pro

 

 

+ Preço dos imóveis segue em ritmo de queda em abril

+ Cresce o número de pessoas que acreditam na queda dos preços dos imóveis em 2015

+ Ferramenta gratuita informa o preço estimado do seu apartamento

+ Entenda a regra das bandeiras tarifárias na conta de luz

+ Vai comprar seu primeiro imóvel? Saiba que documentos precisa apresentar

Veja ofertas de imóveis SC

 

 

 + Quer receber mais dicas de decoração e mercado? Informe seu nome e e-mail no espaço para comentários desta matéria. Os dados não serão publicados nessa página

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.