23/04/2010

Valor médio dos imóveis usados vendidos em SP cresce 50%

Fonte: Revista ZAP

Principal motivo é a maior oferta de crédito para financiamentos, aponta a Lello

Valor médio dos imóveis vendidos nos dois primeiros meses do ano foi de R$ 300 mil (Foto: Divulgação)
Valor médio dos imóveis vendidos nos dois primeiros meses do ano foi de R$ 300 mil (Foto: Divulgação)

Os valores médios dos imóveis usados comercializados na cidade de São Paulo tiveram crescimento de 50% no primeiro bimestre de 2010, na comparação com o mesmo período do ano passado. É o que aponta levantamento da administradora de imóveis no Estado, Lello.

Segundo a empresa, o valor médio das casas e apartamentos vendidos nos dois meses iniciais deste ano foi de R$ 300 mil, contra R$ 200 mil no primeiro bimestre de 2009.

O número de imóveis usados vendidos em janeiro e fevereiro na capital cresceu, segundo os dados da Lello, 26% na comparação com o mesmo período do ano passado. Para Lello, o crescimento na média dos preços foi motivado principalmente pelas facilidades hoje oferecidas pelos financiamentos bancários, com maior oferta de crédito disponível.

As regiões da cidade onde mais houve crescimento no número de imóveis vendidos no primeiro bimestre foram a Mooca, com 52%, o Tatuapé, com 50%, e Perdizes, com 33%. Na área dos Jardins o aumento nas vendas foi de 30% e, em Santana, de 20%.

“O mercado imobiliário está extremamente aquecido e se configura hoje, como excelente oportunidade de investimento para os proprietários. Para quem pretende comprar o momento também é bom, porque a tendência é de valorização das unidades nos próximos anos, especialmente em razão da expansão da rede de transporte metropolitano entre os bairros”, diz Roseli Hernandes, diretora da Lello Imóveis.

LEIA MAIS:

VENDA DE IMÓVEIS EM SP TEM O MELHOR FEVEREIRO DESDE 2004

TIRE SUAS DÚVIDAS SOBRE COMPRA, VENDA E LOCAÇÃO DE IMÓVEL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.