05/06/2012

Variação do Índice FipeZap desacelera e chega a 0,9%

Fonte: ZAP Imóveis

Os preços caíram pelo segundo mês consecutivo em Salvador, mas aumentaram em Belo Horizonte e Distrito Federal

O Índice FipeZap registrou em maio deste ano a menor variação desde setembro de 2010, quando a série teve início, e a tendência é de que a desaceleração deva permanecer. Em Salvador, os preços caíram pelo segundo mês consecutivo (-1,3%). Já em Belo Horizonte e no Distrito Federal, a alta foi de 0,43 e 0,46%.

Variação foi a menor desde o início da série, em setembro de 2010 (Fotos: Divulgação)

São Paulo e Rio de Janeiro obtiveram alta de 1,2% e 1,1%, respectivamente. A capital paulista apresentou a menor variação para mês em toda a série. A alta acumulada de janeiro a maio foi reduzida este ano para 6,3%, enquanto o metro quadrado anunciado em 2011 havia subido 12% nos cinco primeiros meses.

Preço médio do metro quadrado nas sete regiões analisadas pelo FipeZap

O m² mais caro no Rio de Janeiro fica no Leblon, valendo cerca de R$ 17.730, mas a média na cidade é de R$ 7.991. Os imóveis nos bairros Ibirapuera e a Vila Nova Conceição são os mais valiosos na capital paulista, custando em média R$ 10.489 o m², onde o preço médio na capital é de R$ 6.448. O Distrito Federal detém o valor de m² mais caro do país: R$ 8.254. A média de m² nas sete regiões analisadas pelo FipeZap é de R$ 6.594.

LEIA MAIS:

Preço do m² sobe 1,2% em abril, segundo FipeZAP

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.