19/01/2018

Veja dicas para transformar uma recepção com pouco investimento. Assista ao vídeo

Socorro, ZAP! Solidário visita abrigo e muda ambiente utilizado para encontro das crianças com as famílias

Fonte: ZAP em Casa

O episódio de hoje da segunda temporada do “Socorro, ZAP! Solidário” mostra a transformação da sala de recepção de um abrigo da Maesp, uma instituição que luta pela garantia das crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, em vários programas.

+Baixe o App de Faça Você Mesmo do ZAP em Casa

+ Siga nosso perfil no Pinterest

A reforma aconteceu no abrigo que a Maesp mantém, que fica no bairro da Saúde, em São Paulo, onde vivem 21 crianças e adolescentes. O projeto foi realizado com o apoio das tintas Lukscolor e também dos arquitetos da ArkDek, uma plataforma digital para você que quer facilidade para contratar projetos de decoração, design de interiores e reforma, tudo de forma on-line.

recepção
Sala de recepção da Maesp foi completamente transformada com pouco mais de R$ 2.500 (Foto: Wagner Benedetti)

Essa recepção é utilizada para o encontro das famílias com as crianças que vivem lá. O espaço estava sem uma identidade e o principal objetivo foi deixar a sala mais confortável, aconchegante e alegre para esse momento tão especial. Trocamos o sofá, instalamos uma rede, deixamos uma das paredes bem colorida e muito mais.

Acompanhe no vídeo acima como foi a transformação completa e veja também na imagem abaixo a comparação do antes e depois.

Depois
Antes

+ “Socorro, ZAP! Solidário” transforma sala de computação do CCA Sacomã

+ ZAP estreia a segunda temporada do “Socorro,ZAP! Solidário”

+ “Socorro, ZAP! Solidário” transforma cozinha de ONG que abriga mulheres

+ ONG de refugiados ganha novo ambiente do “Socorro, ZAP! Solidário”

+ Casa Bakhita ganha transformação do “Socorro, ZAP! Solidário”

+ Socorro, ZAP! Solidário transforma ambiente do Lar Jésus Gonçalves

+ Socorro, ZAP! Solidário transforma ambiente da Fundação Maria Carolina

+ ZAP estreia quinta temporada da série “Socorro, ZAP!”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.