17/01/2014

Veja em quais cidades um imóvel compacto custa até R$ 300 mil

Regiões com baixa liquidez, mais afastadas e em expansão possuem mais ofertas com esse valor

Fonte: ZAP Imóveis
Veja em quais cidades um imóvel compacto custa até R$ 300 mil
É preciso garimpar para encontrar imóveis de até R$ 300 mil em SP (Foto: Thinkstock)

Encontrar um apartamento compacto e novo à venda na cidade de São Paulo por até R$ 300 mil é missão quase impossível. Existem algumas ofertas, porém, em regiões mais periféricas. O presidente do Creci-SP (Conselho Regional de Corretores de Imóveis), José Augusto Viana, complementa: “o poder de compra com esse valor se restringe a imóveis usados de um dormitório localizados em regiões como o centro antigo, que possuem baixa liquidez ou em regiões mais afastadas”.

De acordo com Viana, o cenário não é diferente no Estado de São Paulo. Porém, existem algumas cidades do interior e na região metropolitana onde ainda é possível encontrar ofertas de casas e apartamentos com três dormitórios à venda por esse valor.

Quer receber mais dicas de decoração e mercado? Clique aqui e cadastre-se

O objetivo da bancária Fernanda Barros e do jornalista Rodrigo Leite era comprar um apartamento na planta na Zona Norte de São Paulo por esse valor, mas quando iniciaram uma pesquisa de preços desistiram da ideia. Foi aí que se deram conta de que seria quase impossível encontrar um apartamento de acordo com suas preferências de metragem e localização. “Foi difícil, ou você encontra imóveis muito abaixo desse valor e em regiões afastadas ou se depara com apartamentos no valor de R$ 400 mil a R$ 500 mil”, diz Rodrigo Leite.

A história do casal terminou com um final feliz. Após quatro meses de procura, conseguiram comprar um imóvel na planta por R$ 260 mil, na metragem que procuravam (50 metros quadrados), porém, na região do Morumbi. Embora o empreendimento esteja a apenas 1 quilômetro do shopping Jardim Sul, está em construção em uma rua que ainda está sendo asfaltada. Uma região que está começando a ser valorizada.

Já o engenheiro Eder Ricardo Zanoto, 25 anos, desejava comprar um apartamento na cidade de São Caetano do Sul, no ABC, mas os preços em alta fizeram com que mudasse os planos.

Acabou adquirindo um apartamento na planta na cidade de São Bernardo do Campo, na mesma região, onde o metro quadrado tem valor inferior ao de São Caetano.

“Consegui comprar em São Bernardo porque foi o onde eu achei no valor de R$ 300 mil e financiamento amigável”, conta. Zanoto encontrou ofertas nesse valor em São Caetano, porém, eram apartamentos mais simples e com mais burocracias para financiar, com fluxos de pagamento difíceis de seguir.

Veja em quais cidades um imóvel compacto custa até R$ 300 mil
Imóveis usados de um dormitório localizados em regiões como o centro antigo podem custar este valor

De acordo com o presidente do Creci/SP, José Augusto Viana, é possível fazer bons negócios em São Paulo com R$ 300 mil mesmo diante de preços em alta.

Para quem deseja fazer a aquisição para investimento, por exemplo, vale a pena comprar imóveis comerciais em cidades menores e alugá-los por um valor que justifique o investimento. Já para quem quer morar em bairros valorizados da cidade de São Paulo, como os da Zona Sul, o ideal seria utilizar esse valor como entrada de um empreendimento, de preferência na planta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.