05/11/2014

Piso porcelanato ou cerâmica? Saiba escolher para evitar problemas

Escolher revestimento requer cuidado de acordo com cada ambiente

Fonte: 100 Pepinos*

Na hora de escolher o piso, a gente se encanta com as cores, com as texturas e com os tamanhos das placas. É bom identificar também se o piso que você escolheu é cerâmica ou porcelanato porque há dicas específicas para a instalação de cada um.

+ Conheça as vantagens e desvantagens dos tipos de piso

+ Conheça 10 revestimentos que facilitam a limpeza da casa

Além de escolher bem o material, se preocupe também com a qualidade do serviço da mão de obra. Se a instalação não for bem feita, você pode perder tudo. Confira a seguir dicas para ter um piso bonito.

Na hora de escolher o material

Leve em conta o tamanho do ambiente, porque placas muito grandes são mal aproveitadas em cômodos pequenos porque o pedreiro vai ter que fazer muitos recortes.

Se a escolha é para uma área molhada (banheiros, cozinhas) escolha um piso antiderrapante. Deixe os pisos mais lisos para as áreas secas (sala, quartos).

Placas de piso cerâmico muito grandes são mal aproveitadas em ambientes pequenos.
Evite dar um trabalho a mais para o pedreiro (Fotos: Shutterstock)

Se for comprar piso porcelanato

Confira se o escolhido é um produto de qualidade A (extra) que atende a todas as normas técnicas de qualidade. Isso vem indicado na etiqueta ou na caixa do produto. Lá também pode haver uma indicação de que o produto segue a NBR 15463 ou a NBR 13818, que são as normas de qualidade. Se você não puder ver a embalagem na loja, peça para o vendedor confirmar. A qualidade A indica que os pisos de porcelanato têm tamanhos regulares e que não há defeitos na superfície.

Também há uma linha conhecida como linha comercial (ou linha “C”), que são peças com algum tipo de defeito. Elas são mais baratas, mas você terá mais perda e irregularidades na hora de instalar.

Se o seu sonho é deixar o rejunte bem fininho, lembre-se de escolher entre os pisos retificados, que é o corte bem certinho da peça. Há porcelanatos lindos que não são retificados e tem as bordas irregulares. Para estes, o rejunte fininho não vai funcionar.

Fazer o rejunte fino requer comprar pisos cerâmicos retificados
Dê preferência aos pisos de qualidade

Se for comprar piso cerâmico

A cerâmica tipo A ou ‘cerâmica de primeira linha’ é a melhor: 95% das peças não apresentam defeitos visíveis. A cerâmica tipo C ou tipo B, chamada de segunda linha por alguns fabricantes, tem defeitos visíveis, mas os fabricantes garantem que a peça é tão resistente quanto a do tipo de cerâmica A.

E há ainda uma terceira linha, também chamada de refugo, que é a cerâmica tipo D. Além de possuir defeitos visíveis, as peças dessa linha não tem garantia de resistência do fabricante. Veja esta informação no verso da embalagem de piso.

Confira a embalagem. Para as cerâmicas do tipo A, provavelmente haverá também uma indicação de qualidade conforme a NBR 13.818/97. E lembre: azulejo de parede não pode ser usado como piso.

Instalação de piso cerâmico.
Confira a embalagem para se certificar sobre a qualidade do piso

Escolha bem a mão de obra

Confira se o pedreiro instalador já fez esse serviço outras vezes, principalmente se você escolheu porcelanato e se quer o rejunte bem fininho. Peça referências e cheque o trabalho. Deixe bem claro o desenho que você quer que o piso forme, escolhendo se ficará na diagonal, se as placas serão retas e alinhadas ou se você quer colocar aqueles detalhes menores (chamados tozetos) entre as placas.

Indique também em que canto do cômodo a instalação deve começar, lembrando que as últimas peças a serem instaladas provavelmente terão recortes. E explique como você espera que seja o rejunte.

Pegue indicação de outras pessoas para contratar um pedreiro
Pegue indicação de outras pessoas para contratar um pedreiro

Preparação da base

Seja qual for o piso que você escolher, ele deve estar sobre uma base muito firme, se não ele vai soltar, trincar, e você vai gastar mais dinheiro. Essa base se chama contrapiso e não fica visível (fica sob as placas de piso).

Se ela for mal feita, você só vai descobrir depois, quando seu pedreiro já estiver bem longe. Confira se o contrapiso está regular, firme, seco e sem poeira antes do pedreiro passar a argamassa que vai colar as placas de piso.

O piso tem que ser bem colado

Para colar porcelanato e cerâmica são utilizadas argamassas diferentes. Procure na embalagem do piso a indicação da argamassa ou veja também nos pacotes de argamassa para que pisos elas servem. Se errar, o piso vai soltar.

Depois que o piso for colado, a argamassa tradicional deve secar por 2 a 3 dias antes que o rejunte possa ser colocado. Esse tempo deve ser respeitado por seu pedreiro e por você, senão a água da massa vai se acumular por baixo do rejunte e ele vai soltar logo. Esse tempo só pode ser menor com uso da argamassa especial “seca rápido”, que é mais cara.

Procure saber qual é a massa ideal para o tipo de piso que escolheu
Procure saber qual é a massa ideal para o tipo de piso que escolheu

Piso sobre piso?

É possível instalar piso sobre piso existente desde que a base esteja firme e nivelada. Não se esqueça de verificar se a altura do piso novo não vai atrapalhar a abertura das portas.

Cuidado com rejunte fino

Preste atenção no espaço entre as placas (largura do futuro rejunte). Não deixe ele ser mais fino do que o tipo de piso permite, mesmo se achar o rejunte fininho mais bonito. Na caixa sempre há indicação da largura da junta. Se não, o piso vai soltar ou trincar.

Para acertar na largura dos rejuntes, existem peças chamadas espaçadores. Seu pedreiro tem que solicitar ou trazer vários.

Utilize espaçadores para fazer o rejunte do piso
Utilize espaçadores para fazer o rejunte do piso

Cuidados específicos para áreas molhadas

Não se esqueça de se proteger de infiltrações fazendo a impermeabilização do contrapiso e da parte mais baixa da parede. O impermeabilizante deve ser aplicado sobre o contrapiso e antes do pedreiro colar as placas com argamassa.

Se está colocando piso em área molhada (cozinha, banheiro, quintal), lembre que será preciso instalar ralos e fazer uma leve inclinação no piso para que a água corra para eles. Confirme isso com seu pedreiro na hora de colar o piso. Jogue água no piso depois que ele ficar pronto para verificar se a água corre para os ralos.

Aproveite essas dicas para evitar pepinos e desperdício de dinheiro na sua obra.

Não deixe de impermeabilizar bem a área para evitar problemas futuros
Não deixe de impermeabilizar bem a área para evitar problemas futuros

+ Conheça 7 pepinos que podem estar invisíveis em sua obra

+ Acerte nas medidas da sua casa e evite dor de cabeça na reforma

+ Veja cinco maneiras de perder o controle de sua reforma

+ Saiba o que fazer se o pedreiro sumir no meio da obra

+ Saiba escolher o tipo de rodapé para cada ambiente

 

* site parceiro do ZAP  (www.100pepinos.com.br)

 

Quer receber mais dicas de decoração e mercado? CLIQUE AQUI e cadastre-se

17 Comentários

  1. Ilmo.SrAchei ótima explicação sobre piso e porcelanato.Gostaria de conhecer mais sobre o produto, existe algum curso que os srs,ministram,ou os senhores podem me indicar algum aqui no RJ? Atenciosamente José Xavier Caldeira

  2. Parabéns, pela matéria, muito interessante.Apenas como sugestão,que as próximas matérias,que os profissionais que estiver fazendo a aplicando os revestimentos usem os seus devidos EPIs.Abraço.

  3. fazendo uma ressalva,todas as placas cerâmicas, independente de seu formato podem ser aplicadas tanto no piso como na parede; Exceto revestimentos Monoporosos (com grupo de absorção de água BIII, AA > 10% ) absorvendo de 16% a 20% de água ,Porem atuando como uma pedra Pomes absorvendo água sem expandir.

  4. Como foi colocado no inicio, escolher pisos ceramicos anti derrapante é dificil pois ainda não conheço este material ceramico.(existe material com mais ou menos poder de aderencia.)

  5. Que bom ter encontrado este site, estou para colocar piso novo na minha varanda, e agora vou observar tudo que o pedreiro de acabamentos fizer , além dos produtos,se estão adequados. Muito obrigado pelas dicas.

  6. Bom Dia, foi muito boas essas informações, só quero deixar uma dica para não usar pisos Incefra, esse produto não tem nenhum tipo de qualidade e nem respaldo da empresa.

  7. parabéns pelas dicas, usamos materiais de ótima qualidade , seguimos todas normas ainda sim a cerâmica se solta, oque pode ser?

  8. Tantas exigências para o pedreiro devem ser melhor pagas, em 2005 eu cobrava 60,00 o metro, em 2008 era 50,00, até 2012 ficou em 40,00, hoje em dia é 25,00 e tem gente que reclama que está caro, e depois querem o serviço com alta qualidade, serviço mal pago deve ser feito muito rápido pra compensar as perdas.

  9. Estou construindo uma chácara e quero tudo bem rústico pensei no porcelanato mas dizem q arranha muito por ser zona rural. Pode me ajudar

  10. Olá, Graziane! Tudo bom? Para ter um projeto mais adequado e personalizado, o ideal é ter a ajuda de um profissional! Continue acompanhando as novidades aqui na revista. 😉

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.