20/08/2013

Veja quais são os 5 problemas mais comuns na reforma

Falta de planejamento e supervisão da obra podem fazer com que as alterações na casa demorem mais tempo do que é preciso. Saiba como prevenir erros

Fonte: ZAP Imóveis

Reformar a casa realmente pode dar trabalho. Entulhos, paredes quebradas e poeira fazem dos dias de obra um caos, mas, quando ela é bem planejada, o resultado final é muito satisfatório.

Planejamento é fundamental em uma reforma (Fotos: Thinkstock)

As semanas de bagunça dentro do imóvel valem à pena quando a reforma é bem estruturada. Contar com a supervisão de um profissional como arquiteto ou engenheiro pode fazer a diferença nas obras.

Às vezes, comprar um material de construção só pelo fato de ele ser mais barato pode causar, na verdade, um prejuízo. Com a ajuda da arquiteta Anna Novaes, selecionamos cinco problemas comuns em uma reforma. Confira:

1) Falta de planejamento – De acordo com a arquiteta, este é o principal problema em uma reforma, já que a falta de planejamento acaba gerando consequências que podem ser graves.

Projeto, orçamento e cronograma devem ser planejados com antecedência

Para não haver surpresas durante a obra, o projeto, orçamento e cronograma devem ser estabelecidos previamente, segundo Anna.

“Quando não há planejamento, a reforma começa sem o morador ter ideia de quando ela vai acabar e aí a obra não termina nunca”, diz a arquiteta.

Ao fazer uma reforma, é preciso um planejamento financeiro, além de organizar uma lista dos materiais que deverão ser adquiridos.

Contratar um profissional como arquiteto ou engenheiro ajuda a prever e solucionar problemas que acontecem no meio da obra

2) Ausência de profissionais – “Um dos erros mais comuns é reformar a própria residência sem contratar um profissional do segmento”, alerta a arquiteta.

O auxílio de um especialista como arquiteto ou engenheiro, de acordo com Anna, pode ajudar a prever determinados problemas que podem ocorrer no meio do caminho.

Quando se começa a quebrar as paredes, é possível que surjam imprevistos, como o aparecimento de uma coluna. “Em imóveis antigos, nem sempre elas estão identificadas na planta”, lembra a profissional.

Anna ressalta que, com a presença de profissionais especializados, a equipe consegue dar prontamente uma solução quando um problema como este acontece.

Com a ajuda de um profissional, evita-se o desperdício. “O especialista calcula quanto material a obra irá utilizar, portanto o morador não precisa comprar artigos desnecessários”, afirma Anna. O especialista consegue também avaliar qual é a ordem dos procedimentos da obra.

3) Compra de materiais – “A oferta de materiais de construção é grande no mercado e a falta de conhecimento técnico pode fazer o idealizador da obra comprar gato por lebre”, ressalta a arquiteta.

Compra dos materiais de construção não deve ser feita pelo preço, mas sim pela necessidade

De acordo com a profissional, algumas pessoas optam por materiais mais barato pensando que estão economizando, ou então compram o mais caro por achar que o preço denuncia uma melhor qualidade. Tanto um quanto o outro podem deixar o comprador no prejuízo. “Realizar a compra se baseando somente no valor não é adequado”, reforça Anna.

A especialista lembra que nem sempre o que tem o preço mais alto é o mais apropriado para a reforma. “Pedras brancas são caras, mas não são indicadas para a pia da cozinha, já que elas podem ficar encardidas”, exemplifica.

4) Referências – Mesmo quem não tem condições financeiras de contratar um arquiteto ou engenheiro não deve se esquecer de medir o espaço disponível da residência.

É preciso tirar as medidas dos ambientes da residência antes de comprar os móveis

“É preciso tirar referência de algo que já existe para minimizar as chances de erros”, diz Anna.

A dica da profissional é que a pessoa vá a um lugar com um banheiro parecido com o de sua casa para medir a profundidade e altura da pia, por exemplo. A distância da porta dos armários também deve ser avaliada para que não atrapalhe a passagem.

“É comum as pessoas irem à lojas gigantescas de móveis e escolherem um sofá que fica bom no estabelecimento, mas que não se encaixa no espaço disponível da residência”, afirma a arquiteta.

5) Entulho – Um dos problemas de não deixar ninguém de confiança supervisionando uma obra é a sujeira que os trabalhadores podem deixar no local.

Se não houver supervisão da obra, trabalhadores podem deixar o ambiente bagunçado

“Em condomínios, se a pessoa que está providenciando a reforma ainda não mora no local e não checa se os empreiteiros deixaram o ambiente limpo, pode ser surpreendida por uma multa pela desordem”, lembra Anna.

50 Comentários

  1. Uma pena que a matéria tenha apenas o intuito de valorizar a figura do arquiteto / engenheiro, ao invés de dar dicas relevantes sobre reforma. Busquei um profissional para me auxiliar na reforma da minha casa e tudo que obtive foram orçamentos astronomicos e negativas quanto à viabilidade de tudo o que queria fazer. Estes profissionais hoje fazem tudo em prol do lucro, sem se preocupar em auxiliar os clientes. Fiz todos os tramites de aprovação da obra e contratei um mestre de obras. Gastei menos de um terço do orçamento do arquiteto.

  2. Muito bom as dicas. Gostaria de saber como devo fazer reforma tirando paredes que escurecem e barram a circulação de ar, quando não há cinta de concreto sobre tal parede nem coluna ao longo da parede. Que devo fazer para evitar ruir o telhado? Devo cortar a meteade da parede para baixo e colocar táboa escorada para fazer cinta de concreto com ferro? Agradeço se me puderem ajudar.

  3. REALMENTE ELES VIBIALIZAM O LUCRO FIZ UMA OBRA DE R$22.000.00 COLOCARAM TUDO A PERDER POIS NÃO ENTREGARAM NO PRAZO DO CONTRATO QUEBRARM ALÉM DA CONTA POR FIM UM DOS SUPOSTOS SÓCIOS SIMPLESMENTE ABANDONOU A OBRA SERVIÇO NO QUAL TEM ANUNCIO NO JORNAL JMBARROS PORFAVOR NINGUEM CONTRATEM POIS TEM PÉSSIMAS REFERENCIAS.

  4. Não dá pra confiar somente em um pedreiro do bairro ou conhecido, até porque, se sair “merda” vai ser difícil ele se responsabilizar. O melhor mesmo é contratar um profissional!

  5. A minha experiência com arquitetos é péssima também. Contratei uma que só me deu idéias bregas; a outra marcava, não comparecia, não fez uma perspectiva e, ao fim, desapareceu sem dar satisfação. Ambas levaram meu dinheiro para nada.

  6. Muito legal estou na area da parte eletrica e gostaria de dar um toque nunca deixar a parte eletrica para segundo plano pois tudo no dia dia depende de uma boa eletrica e muitas vezes são deixado de lado pois fica escondida ok.

  7. Fiz uma reforma na minha casa, na verdade, mandei demolir tudo(só ficou de pé oque era útil, no caso algumas paredes laterais. Foram feitas brocas, sapatas, baldrames; sobrado com cobertura.Eu tirei as medidas, fiz um rascunho da planta elaborei um contrato a minha maneira. A obra deveria ser entregue entre 3 a 5 meses- durou 8 meses; não pude pagar um arquiteto, nem engenheiro; eu mesmo acompanhei e fiscalizei a obra. Contratei um construtor que me forneceu todo o material e mão de obra, até a conclusão final da obra, incluído dentro do orçamento; surgiram algumas diferenças de preço, as quais precisei fazer um contrato complementar para concluir a obra.A obra não ficou 10(dez), mas ficou bem melhor do que a antiga casa.

  8. Concordo plenamente com você Bruno. Estou construindo e contratei não um mestre de obras e sim um pedreiro bom. E pensa poucos gastos e uma obra linda.

  9. Gostei muitos dos comentários da Anna Novaes, manter a ordem a limpeza em uma obra é de fato fundamental, e a harmonia entre os profissionais, isso faz toda uma diferença tb no andamento. Abraço

  10. Tornou-se quase que uma obsessão de engenheiros e arquitetos o lucro fácil, tornando-se assim quase que enviável a contratação de um destes profissionais. Faço este comentário por conheçer e trabalhar em reformas em imóveis a muitos anos e nunca ter ficado sem serviços.

  11. concordo com o “”Bruno disse: ( 21.08.2013 às 15:09 ) Uma pena que a matéria tenha apenas o intuito de valorizar a figura do arquiteto / engenheiro, ao invés de dar dicas relevantes sobre reforma. Busquei um profissional para me auxiliar na reforma da minha casa e tudo que obtive foram orçamentos astronomicos e negativas quanto à viabilidade de tudo o que queria fazer. “”apesar da materia dar uma diquinha aqui outra ali tá óbvio que eles estão tentando “”vender”” um arquiteto/ engenheiro…

  12. Por favor, como devo limpar a pia de mármore branco, antiga, está com vestigios enormes de ferrugem e a parede está com umidade, já pintei e voltou… será que pode me ajudar…preciso muito dessaa informações…tenho medo de contratar um profissional que não entende, mesmo porque também não tenho condições financeiras,aguardo resposta no email. grata

  13. Por favor, outra dúvida…o cascolac está velho e preciso trocar os tacos que estão soltos e refazer o cascolac ou synteco, não queroo colocar piso frio, a casa já e gelada não bate sol, se alguem conhece um empresa que faz o serviço bem e não cobre caro, por favor preciso o quanto antes….muito obrigada

  14. Fiz uma obra até o mês passado, no momento da equipe tirar 10, no final, foram para outra obra, abandonaram a minha, deixando uma infiltração na parede, a pintura deixou muito a desejar e com falhas. Realmente nesta área é muito difícil você pegar um profissional decente.Mesmo eu ficando na obra direto.

  15. Fiz uma reforma no aptº conjugadão da minha irmã. Eu mesmo administrei, planejei, contratei, comprei materiais, fiscalizei o trabalho do empreiteiro e seus ajudantes, a quem só paguei a mão de obra. Planejei a obra para 2 meses e deu tudo certo. Pagava 1/8 a cada semana e assim ao final fechou tudo. Troquei toda a parte elétrica, piso e rodapé (taco por porcelanato),pintei, rejuntei azulejos e piso do banheiro, troquei porta e aduelas do banheiro, troquei fechaduras. Comprei todo o material numa loja só, onde conseguí um bom desconto. Pequenas compras fiz numa lojinha próxima, onde abrí uma conta.Como sou eng.º químico e tenho noções de construção e já administrei outras obras e reformas, ficou fácil. A qualidade da mão de obra e a confiança no empreiteiro são fundamentais. Gastei metade do que um outro empreiteiro orçou, ele dando tudo.

  16. Otimos dicas , estou num processo de reforma e sem arquiteto ou engenheiro e precisava de uma dica sobre um espço que temos embaixo de uma escala . vcs podem ajudar?

  17. Achei muito interessante todo esses comentários, e gostaria de ser informada de profissionais que se dispusessem a me ajudar, me indicando um arquiteto e um engenheiro dentro de um orçamento que não fosse muito oneroso para meu bolso.

  18. Se a pessoa fizer um croquí, ou seja um rascunho do que quer da reforma fica muito mais fácil para o construtor, pedreiro ou pintor. O problema reside no fechamento de contrato do serviço com um formato e depois o contratante querer um acabamento superior ao contratado e sem nenhum ônus. Ao contratar algum profissional faça algumas perguntas sobre o serviço que presta, se não souber nada fuja logo porque é fria. Deveríamos ter cursos técnicos para pedreiros, pintores e até ajudantes, pois eles também atrasam muito uma obra.

  19. Olá Elizabeth. O ideal é você procurar um arquiteto na sua cidade. Você pode buscar indicações deste profissional com amigos e familiares.

  20. Oi bom dia descobrir que a casa que comprei não tem colunas nem cinturão e tem uma casa em cima dela construída parede sobre parede o que eu faço por favor mim ajudem obrigada

  21. Olá Ingrid. Entre em contato com algum especialista/profissional da construção civil para verificar, de perto, o projeto de seu imóvel. Ele poderá analisar a situação e tirar todas as suas dúvidas.

  22. Preciso reformar minha casa -sobrado localizada numa vila na penha -na verdade transforma-la em dois imoveis. Por favor dicas de engenheiro.

  23. Olá Marluce. Neste caso, é bom solicitar a ajuda de um profissional que possa ir direto na sua casa e avaliar o projeto. Ele poderá dar as melhores dicas para você.

  24. Preciso de um arquiteto ou arquiteta para a reforma de um apto usado e vazio.Estou comprando e não posso gastar muito pois tenho o financiamento pela frente.Já sei oque quero só preciso de um aval.Obrigada

  25. Olá Glória.Para reformas é sempre bom contar com a análise de um arquiteto. Peça indicações para seus familiares ou amigos. Eles poderão te ajudar a encontrar um profissional.

  26. Fazer um bolo e coloca-lo na mesa do aniversário, qualquer um faz… mas nada como contratar um bom confeiteiro(a). Para isso ele estuda, para ser diferenciado dos curiosos.O mesmo vale para serviços da construção civil. Um arquiteto/engenheiro não estuda 5 anos numa Universidade para que seu conhecimento seja posto em prova. Porém, como tudo na vida, é preciso pedir referências deste profissional. O mesmo vale para qualquer outro profissional. O problema é que o Brasil ainda valoriza muito pouco esta classe de profissionais. Podemos ter problemas com qualquer profissional e de qualquer área.

  27. Tenho assoalho em minha casa ( dois pisos),com o passar do tempo ele foi cedendo e agora qdo caminhamos balança tudo, me aconselharam a escorar.Alhuem pode me dar conselho? agradeço!

  28. como escolher piso pra casa toda,sou uma senhora e tenho muito medo de escorregar.obrigada

  29. Por gentileza preciso de um profissional experiente em construção de casa ecologicamente correta, utilizando dentre os materiais de construção convencionais, materiais recicláveis, tenho uma área de 1000 m2 em área rural, grata

  30. Estava lendo os comentários abaixo, vários criticam a atuação do arquiteto e engenheiro. Sendo arquiteto, faço uma ressalva: existem bons e péssimos profissionais. Minha empresa por diversas vezes fez projeto de construção recém entregue que não teve acompanhamento técnico!!!! Infelizmente, a grande maioria acha o trabalho do arquiteto desnecessário ou caro, porém, construir uma casa seja talvez o maior investimento de uma família ao longo da vida (depois dos filhos, claro, rsss). Uma analogia, até onde sei, a maioria não educa seus filhos em casa, os matriculam em escolas que possuem profissionais capacitados para ensinar, por que fazer diferente na construção de uma casa? Para reflexão: em uma operação de compra e venda de um imóvel, o corretor de imóveis recebe de 6 a 7% do valor da venda, então por que não contratar um arquiteto que normalmente representa um custo de 5% do valor da obra (estimativa)? Desculpem o desabafo, mas é árduo trabalhar em uma área tão complexa e tão desvalorizada… minha empresa atua na arquitetura a um bom tempo, e posso lhes assegurar, exclusivamente por amor a profissão.

  31. Moro em um condomínio de casas e estou reformando a minha residência. Em uma etapa dessa reforma fui surpreendida pela sindica do condomínio que me proibiu de dar continuidade a minha obra porque disse que a mesma estava irregular.O que acontece é que estou fazendo um alpendre de 40cm protegendo a calçada e 2 vigas uma em cada ponto da calçada de apenas 30 cm em cada lado. Porem a maioria das casas no condomínio inclusive a casa da sindica tem aqueles jardins de concreto comprometendo TODA a calçada ficando livre apenas a passagem dos carros na entrada da garagem. Como ela pode impedir a conclusão da minha obra se a casa dela e a de quase 70% dos moradores utilizam esses jardins (como se fossem um canteiro, alguns com mais de 2metros) em toda calçada, além de uma casa na minha rua ter até uma laje (quase um primeiro andar) onde também é proibido e inclusive a sindica disse que essa casa está em processo com a prefeitura. Eu disse a ela que não iria parar a obra e que ela fosse reclamar na prefeitura pois para corrigir o meu todas as casas teriam que ser corrigida também, pois pago meu condomínio em dias e tem moradores que nem paga condomínio e faz o que querem lá.Gostaria de uma orientação, posso até está errada, mais como posso ser penalizada por algo que todos no condomínio também faz, inclusive a própria sindica que tem esse jardim irregular em sua calçada.Gostaria de saber se a prefeitura pode mandar parar a minha obra e a quem eu posso recorrer caso isso aconteça, pois outros processos de outras casas estão abertos a mais de 5 anos e nenhuma medida foi tomada, porque a minha terá que ser penalizada.

  32. Infelizmente o brasileiro tem a péssima mania em achar tudo caro quando se trata de um serviço que possivelmente será de ótima qualidade, e acaba por contratar um serviço de má qualidade, muitas vezes o barato sai caro. Contratem profissionais com referências se possível, foi o que eu fiz e não me arrependo, como nada saí de graça o arquiteto ou engenheiro trabalha para receber dinheiro, fiquei sabendo de coisas absurdas, que se concretizam quando leio certos comentários, gente, não existe essa de pedir conselho, uma dica de graça pra arquiteto ou engenheiro, que coisa sem nexo, é o mesmo que pedi dica pra um advogado ou médico. Hoje vejo uma grande diferença entre uma obra feita por um arquiteto ou engenheiro, eles pensam em tudo, vale a pena contratar.

  33. Boa tarde. Gostei dos comentários e dicas. Vou começar uma reforma de uma casa Antiga em 2016. Gostaria de dicas pois hoje e muito dificil e vc encontrar um bom profissional. Obrigado.

  34. Gostei da observações. Vou começar uma reforma, fiz o projeto com arquiteto, mas quando a construtura me passou o orçamento….UAU! dava para construir outro apartamento. Alguém ai indica um bom mestre de obras ou pedreiro para eu contactar? Empreiteiras, tô fora

  35. Lendo muitos comentrios aqui vejo que realmente existem muitas pessoas descrentes de profissionais COMPROMISSADOS, com o trabalho. Sejam arquitetos. Engenheiros, pedreiros ou empreiteiros. Tenho uma empreiteira de obras que atualmente meus 90% de trabalhos são reformas e acabamentos. E, digo que exiatem sim bons, muitos bons profissionais autônomos que fazem excelentes trabalhos sem um apoio tecnico. Mas, isso funciona melhor em pequenas/ medias obras. Para as mais complexas sou a favor de ter sim um engenheiro/ arquiteto em parceria junto. Ajuda muto em muitos casos de dúvidas e desconfianças dos clientes. Eu, executo muitas obras sozinho e temos ótimas referências destes, mas tenho a visaot que preciso fazer sempre o CORRETO, para evitar dores de cabeca. Em outras, tenho parceiros engenheiros que auxiliam e assim conseguimos entregar obras com excelência, qualidade e referência “A” em satisfação. Problema que noto; que muitos futuros clientes não tem planejamento, e acabam sempre procurando o mais barato e em muitos casos acabam deduzinho que se contratrem uma profissional que possa ser uma boa opção achem quem saira caro. E, nem sempre é esse o resultado. Poucos dão valor e reconhecimento a pessoas e empresas PROFISSIONAIS que trabalhem cm honestidade, seriedade e compromisso real, com ele mesmo, seua clientes e sua empresa.Como falou um arquiteto num comentário; seguimos fortes muitas vezes por amor e dedicação ao trabalho e pela empresa que lutamos todos os dias para fazer o melhor.www.facebook.com/jtcbras

  36. Olá, João! Obrigada pelo seu comentário. Continue acompanhando o #ZapemCasa! Todo dia uma dica especial para você. Confira: http://bit.ly/ZapemCasa

  37. Boa tarde, contratei um engenheiro para reforma geral de Ap. 56m2, foi feito contrato onde ele receberia tudo em 8 semanas, mais o termino chegaria até 10 semanas, na 6ª semana o engenheiro começou a resmungar do preço contratado, mais disse que iria assumir, na 15ª semana passou a colocar somente um profissional indo 1 vez por semana, hoje já são mais de 30 semanas e o serviço não acabou, sabendo-se que muitos serviços ficou mt. ruim, tendo eu de comprar material repedido de novo, pois as pastilhas tiveram que ser retiradas e colocar outras novamente e serviços que não estão bons, vem me dando mts. prejuízo por serviço mau feito, hoje falou em abandonar a obra. estou com os moveis no local para serem montados, e a obra ainda não terminou, estou pensando em entrar em juízo e cobrar todos os prejuízos, estou a 4 meses sem poder usar meu imóvel, ( vazio para obra ), como devo proceder: pedir um laudo de outro engenheiro? (isso fica caro?), nossa!! esse engenheiro nem acompanha a obra, sabendo que todos profissionais são seus. peço ajuda para resolver.. grato

  38. Olá, Sérgio! Tudo bom? Sugerimos que você procure um especialista que consiga avaliar sua situação com a atenção devida. Se precisar de alguma informação sobre venda ou locação de imóvel, estamos aqui! =)

  39. Cansei de tomar na cabeça com pedreiro é hoje não faço mais nada sem contrato assinado por ambas as partes, com testemunhas e reconhecido em cartório. Se peço algo a mais q não estava no contrato acerto na hora é pago à parte. No contrato deve constar prazo de termino da obra e formas é datas dos pagamentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.