23/03/2010

Vem aí o Minha casa, minha vida 2

Fonte: Jornal Extra
Previsão agora é a de construir de dois milhões a três milhões de casas (Foto: Divulgação)
Previsão agora é a de construir de dois milhões a três milhões de casas (Foto: Divulgação)

Está previsto para a segunda-feira da semana que vem o anúncio da nova etapa do “Minha casa, minha vida”. Com ele, o governo federal pretende triplicar a abrangência do projeto. A ideia é manter as premissas do programa original – concessão de subsídios e foco em regiões metropolitanas -, mas aparar arestas e reforçar os estados mais defasados em número de contratações.

A previsão agora é a de construir de dois milhões a três milhões de casas em quatro anos. A média anual será a construção de 500 mil casas, mas, em 2014, esse ritmo poderá ser acelarado, ultrapassando um milhão.

MAIS PROJETOS – O presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), Paulo Safady Simão, alertou que a intenção da indústria com o novo programa não é apenas a concessão do crédito, mas a solução de problemas estruturais, como escassez de projetos, entraves nas licitações e outros gargalos que fazem com que os projetos andem a passos lentos.

“Ajustes ainda precisam ser feitos. Temos recursos de sobra e não há projetos. Se não tiver instrumentos dessa natureza, não poderemos avançar”, disse Simão.

LEIA MAIS:

CRÉDITO IMOBILIÁRIO DA CAIXA DISPARA NO INÍCIO DO ANO

NOVA FASE DO MINHA CASA, MINHA VIDA TERÁ 3 MILHÕES DE UNIDADES

ENTENDA O PACOTE HABITACIONAL DO GOVERNO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.