19/09/2011

Venda de imóveis cai 14,3% em julho

Fonte: Jornal da Tarde

Em julho foram comercializados 2.722 imóveis residenciais na cidade de São Paulo, o que representa queda de 14,3% ante igual mês de 2010 e uma variação de 0,2% (estável) ante junho, com 2.716 unidades, de acordo com dados do Secovi-SP. A retração nas vendas não chegou a surpreender a entidade, que considera que em 2010 “o País atravessava um período de exuberância econômica, com índices de crescimento acima da média”, conforme declaração do economista-chefe do Secovi-SP, Celso Petrucci.

No acumulado de sete meses também houve queda, de 28,6%, para 14.402 unidades comercializadas até julho, ante 20.182 unidades em igual período de 2010. Para Petrucci, a expectativa é de redução da diferença, já que “o segundo semestre costuma ter melhor desempenho em relação ao primeiro”.

(Foto: Divulgação)
Mercado imobiliário de São Paulo (Foto: Divulgação)

Ainda de acordo com a Pesquisa Secovi sobre o Mercado Imobiliário em julho, o segmento de dois dormitórios respondeu por aproximadamente 50% do total e 1.346 unidades. A velocidade de vendas, indicador VSO (Vendas Sobre Oferta), atingiu 16,9% em julho. Em tamanho, imóveis entre 46 m² a 65 m² responderam pela maior parte das vendas, 44,8% do total (1.219 unidades).

Lançamentos – No quesito lançamentos, a Empresa Brasileira de Estudos de Patrimônio (Embraesp) registrou 2.732 unidades residenciais no município de São Paulo, uma queda de 13,7% sobre junho (3.167) e alta de 5,8% ante julho do ano passado. No acumulado do ano até julho foram lançadas 16.724 unidades, um aumento de 3,5% sobre mesmo intervalo de 2010 (16.163).

Região Metropolitana – A Região Metropolitana de São Paulo, composta por 39 municípios mais a capital, contabilizou 4.554 vendas, 7,6% abaixo do resultado de junho (4.962 unidades), com VSO de 14,7%, contra 15,8% do mês anterior. Os lançamentos tiveram alta de 8,8% sobre junho, para 5.393 unidades em julho.

No acumulado do ano, houve queda de 24%, para 28.732 unidades, ante 37.897 imóveis comercializados no mesmo período. Os lançamentos até julho somaram 30.132 unidades, também abaixo das 31.279 unidades residenciais ofertadas no mesmo intervalo de 2010.

LEIA MAIS:

Preço do metro quadrado sobe 30% em um ano, segundo FipeZap

Saiba quais reformas precisam de autorização da prefeitura

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.