11/11/2011

Venda de imóveis usados aumenta e locação residencial cresce

Fonte: ZAP Imóveis

As vendas de imóveis usados e a locação de casas e apartamentos mantiveram-se em alta pelo segundo mês consecutivo no Estado de São Paulo. As vendas tiveram crescimento de 8,16% e o número de imóveis alugados foi 13,92% maior quem em julho segundo pesquisa feita com 1.471 imobiliárias de 37 cidades pelo Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo (Creci-SP).

Venda de imóveis usados aumenta e locação residencial cresce
Vendas de imóveis usados (Fotos: Divulgação)

“Esse comportamento pós-férias de julho dos dois mercados pode ser um indicativo de que a marcha-lenta que se instala na Economia em geral, ainda não chegou com força aos imóveis”, destaca José Augusto Viana Neto, presidente do Creci-SP. Mas ele ressalva que, boa parte das vendas e das novas locações fechadas em agosto, também podem ser “rescaldo de negociações que não foram fechadas em julho, o que inibe apostas em manutenção de crescimento seguro nestes próximos meses”.

Outro estímulo para esse bom desempenho dos mercados de venda e locação foi o comportamento dos preços dos imóveis usados e dos aluguéis residenciais. Em agosto, o Índice Estadual de Preços de Imóveis Usados Residenciais (IEPI-UR/Creci-SP) teve queda de 22,76% em relação a julho. Como o índice é composto por todos os valores de venda e locação levantados pela pesquisa Creci-SP, isto significa que, na média geral dos negócios fechados em agosto, muitos compradores e novos inquilinos foram beneficiados por preços de metro quadrado e aluguéis iniciais inferiores aos de julho.

LEIA MAIS:

Alta de preços do m² de apartamentos desacelera em outubro

Preço do m² cai em alguns bairros de São Paulo, Rio e Porto Alegre 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.