23/04/2009

Venda de imóveis usados cresce 64% em São Paulo

Fonte: Revista ZAP

Após iniciar o ano em baixa, mercado volta a ficar aquecido em março

Depois de um início de ano difícil em virtude das incertezas geradas pela crise econômica mundial, o mercado de vendas de imóveis usados se recuperou e teve, em março, um crescimento de 64,1% no número de novos negócios fechados na cidade de São Paulo, em comparação com o mês anterior. É o que aponta levantamento da Lello, administradora imobiliária no Estado.

Em janeiro a empresa havia registrado queda de 30,6% no total de imóveis comercializados em relação a dezembro de 2008. Já em fevereiro houve aumento de 26,5% nos novos negócios, na comparação com o primeiro mês do ano. Em março o mercado começou, efetivamente, a reverter os números.

MAIS VENDIDOS – O crescimento foi maior no fechamento de vendas de imóveis com valores entre R$ 350 mil e R$ 1 milhão, especialmente em regiões como Mooca, Perdizes, Higienópolis, Pacaembu e Tatuapé, indicando que muitas pessoas com dinheiro aplicado passaram a investir no mercado imobiliário como alternativa à Bolsa de Valores e outros investimentos.

“No início do ano muita gente estava em dúvida sobre os rumos da economia e preferiu adiar decisões. Mas agora estão aplicando na compra de casas e apartamentos visando obter rendimentos com a locação e com a valorização imobiliária”, afirma Roseli Hernandes, gerente geral de Locação e Vendas da Lello Imóveis.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.