14/07/2011

Vendas de imóveis cresceram 22,1% em São Paulo

Fonte: O Estado de S. Paulo
(Foto: Divulgação)
Venda de imóveis residenciais continua aquecida (Foto: Divulgação)

As vendas de imóveis residenciais novos na capital paulista cresceram 22,1% maio na comparação com o mesmo período do ano anterior, para 2.380 unidades, segundo pesquisa realizada pelo Sindicato de Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de imóveis comerciais de São Paulo (Secovi-SP). Em relação a abril, o resultado indica acréscimo de 2,6%.

No período, foram lançadas 3.663 unidades na capital, mostrando alta de 68,6% ante maio de 2010 e expansão de 72,1% na comparação com abril, segundo a Empresa de Brasileira de Estudos do Patrimônio (Embraesp). Já o índice de Vendas sobre Oferta (VSO) – que mede a relação entre a quantidade de unidades comercializadas e a oferta no mês – passou de 16% em abril para 15,1%.

No acumulado do ano, as vendas apresentaram retração de 34,3% em relação ao mesmo período do ano anterior, com 8.964 unidades. No mesmo intervalo, os lançamentos apresentaram leve acréscimo de 0,8%, para 10.825 unidades.

Em maio, o segmento de dois dormitórios liderou em participação nas vendas, concentrando 45,6% do total. Na segunda posição ficou o segmento de três dormitórios, com 26,7%.

No conceito de área útil, as unidades com área entre 46 metros quadrados e 65 metros quadrados lideraram, concentrando 40,9% dos imóveis vendidos.

Em nota, o Secovi-SP avalia que, apesar de cos resultados no acumulado de 2011 ainda serem inferiores ao informado no mesmo intervalo do ano anterior, o mercado imobiliário registrou recuperação nos últimos dois meses.

LEIA MAIS:

Imóvel na orla de Leblon e Ipanema fica caro até para ganhador da Mega-Sena

Governo pretende tomar o imóvel de quem deve IPTU

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.